m a n d i o c a . l e l ê

Icono

Brasil en linea y San Pablo a toda hora: crónicas, personajes e historias de una ciudad que nunca para.

Hector Babenco e Carandiru: el libro y la pelicula.

Babenco se estaba trantando con quimioterapia. Su médico, Drauzio Varela, habia escrito un libro sobre las viviencias que tuvo en el penal de Carandiru. Drauzio habia actuado como voluntario, y volcado las historias del penal en los textos de “Estacao Carandiru”, Babenco se apasiono por ellibro, que luego fué suceso de ventas hasta hoy.

Decidido a producir el film Babenco, llega hasta momentos antes de se implodido el penal. que por razones de funcionalidad estaba siendo cerrado. Toda la pelicula se filmó en escenarios del penal. Muchos actores eran amateurs, pero la carga kámica del lugar potenció el film, cuya temática Babenco es un especialista: la marginalidad.

Aqui va un entrevista interesante

 

11-abr-03

Kleber Mendonça Filho
11 de abril 2003

Há três semanas, Hector Babenco fez turnê brasileira de lançamento de Carandiru (Brasil-EUA, 2003). Esteve no Recife acompanhado dos atores Maria Luisa mendonça, Milton Gonçalves e Luiz Carlos Vasconcelos.

Depois de uma coletiva na manhã seguinte à première do filme, Babenco me concedeu esta entrevista. Tinha o entrevistado relaxadamente em 98, antes do lançamento de Coração Iluminado. Desta vez, Babenco apresentava sinais de mal humor, parecia tenso, na defensiva. Talvez tenha sentido que eu não gostei desse seu filme, ao contrário do que ocorreu com Coração Iluminado. De qualquer forma, difícil saber nessas situações corriqueiras Crítico/Jornalista/Cineasta.

Carandiru é, até agora, o maior (de orçamento) filme já feito no Brasil, custou R$ 12 milhões, tem lançamento de 267 cópias, é ambicioso em temática e alcance. Há muito em jogo.

Kleber Mendonça Filho – Carandiru chega num momento interessante do Cinema Brasileiro, depois de um ano (2002) que trouxe O Invasor, Ônibus 174, Madame Satã e Cidade de Deus, todos voltados para a realidade nacional. Como enxerga o seu filme dentro desse cenário? Seria o clímax desse momento atual?

Hector Babenco – Não vejo Carandiru como o clímax, mas como um acordo. É o filme mais amplo talvez, o que quer uma visão mais humanista e menos circunstancial. Por ser atrelado a uma história verídica, há aí uma certa legitimidade. Depois de Carandiru, virão outros.

KMF – Como pensou a utilização de Aquarela do Brasil fechando o filme?

HB – Foi escolhida antes mesmo de termos a trilha original feita. Tem algo a ver com o Cassino da Urca, a fantasia perdida de um país tropical onde Deus era brasileiro, a ilusão de um país que ia dar certo, Cinelândia, Ary Barroso, a paródia… É o Brasil, onde tudo acaba em pizza. Nenhum dos responsáveis pelo massacre do Carandiru está preso. O ex governador Fleury é senador, ou deputado, sei lá o quê, o coronel Ubiratan, que corrdenou o massacre, desfilou no sete de setembro em cima de um carro militar com o braço levantado. Tem que acabar o filme com entretenimento, o equivalente a Carmen Miranda dançando com um chapéu de fruta na cabeça. Enquanto o brasileiro continuar se vendo de maneira tão passiva, vou continuar tocando Aquarela do Brasil no final de um filme.

KMF – O Cinema Brasileiro tem cutucado essa passividade?

HB – Beto Brant com certeza. O Invasor é o melhor filme brasileiro dos últimos anos. É o cineasta brasileiro mais interessante hoje.

Archivado en: entrevistas, media,

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

:: busca por temática

:: lo mas visto

:: mandioca.lelê

:: Brasil y São Paulo en linea

A toda hora. Crónicas, personajes e historias de una ciudad que nunca para.

Ingrese su e-mail y reciba las notificaciones de nuevos posts via correo electrónico.

Únete a otros 147 seguidores

:: lo publicado mes a mes

:: los mas acesados

:: entradas

A %d blogueros les gusta esto: