m a n d i o c a . l e l ê

Icono

Brasil en linea y San Pablo a toda hora: crónicas, personajes e historias de una ciudad que nunca para.

– Brasil en Sudafrica 2010: Dunga acaba con las esperanzas de Ronaldo.

El director técnico de la selección brasileña, niega una vacante para Ronaldo. Dunga lo anuncia diplomaticamente  y sin dar muchas explicaciones . Así evita entrar en la presión, que el grupo de asesoramiento de prensa del judagor, plantea.

Ronaldo, en final de carrera, gordo y con mas de un año de dieta -sin resultados- entro en un dilema existencial. Uno de sus objetivos, era insertarse  en la copa mundial de 2010  en  SudAfrica. Esto, se le acaba de truncar. Lee el resto de esta entrada »

Filed under: Copa SudAfrica 2010, futbol, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

– Palmeiras Imponente!!! metio 5 goles en la final paulista!!!


SÃO PAULO – A espera de quase doze anos sem títulos do Estadual para os torcedores do Palmeiras acabou neste domingo. Com a vitória por 5 a 0 sobre a Ponte Preta na final, em pleno Estádio Palestra Itália, o time alviverde consolidou sua melhor campanha e a vantagem na decisão garantindo assim seu 22.º título do Campeonato Paulista. A goleada só confirmou a festa e o domínio palmeirense, com três gols de Alex Mineiro.

Veja também:
especial
Conheça os heróis e reveja a campanha palmeirense
video TV Estadão: Assista aos gols da vitória do Palmeiras
som Ouça e guarde os gols do título, pela rádio Eldorado/ESPN
mais imagens O dia da decisão e as imagens da conquista do Palmeiras
lista Torcida e polícia brigam após a final, com cerca de 60 feridos
lista Alex Mineiro pretende dividir o dinheiro pela artilharia
lista Para cumprir promessa, palmeirenses raspam o cabelo
lista Luxemburgo: ‘Eu sou muito bom de Estadual, tenho oito títulos’
lista Sérgio: ‘Não esperava um resultado tão amargo’
especial Conheça os campeões dos outros estaduais pelo Brasil

Uma festa que tem como destaques o meio-campista chileno Valdívia, ídolo da torcida pelos dribles; Alex Mineiro, artilheiro isolado com 15 gols; e o técnico Vanderlei Luxemburgo, que iguala a marca de oito conquistas com Lula, como maior vencedor de títulos na competição. Para o lado ponte-pretano, fica o quinto vice-campeonato e o sonho de um dia chegar a uma conquista.

Para chegar a este título, o time alviverde confirmou o favoritismo indicado no começo da temporada com os investimentos feitos pela parceira Traffic, que trouxe reforços e Luxemburgo. Ele sempre disse que essa equipe conquistaria taças e que bastava ter paciência. Foi assim no campeonato, com um começo forte, uma queda de ritmo no meio e a ascensão justamente na fase final.

PALMEIRAS 5
Marcos (Diego Cavalieri); Élder Granja, Gustavo, Henrique e Leandro ; Pierre , Martinez , Diego Souza e Valdivia ; Kléber (Denilson) e Alex Mineiro (Lenny ).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
PONTE PRETA 0
Aranha; Eduardo Arroz , João Paulo, César e Vicente; Deda , Ricardo Conceição, Elias (Giuliano) e Renato; Luís Ricardo e Leandro (Wanderley).
Técnico: Sérgio Guedes
Gols: Ricardo Conceição (contra) aos 19 minutos e Alex Mineiro aos 34 do primeiro tempo. Valdivia aos 28, Alex Mineiro aos 30 e aos 32 do segundo tempo.
Árbitro: Cleber Wellington Abade
Renda: R$ 1.433.350,00.
Público: 27.927 pagantes.
Estádio: Palestra Itália, em São Paulo (SP).

QUESTÃO DE TEMPO
A Ponte Preta fez o quanto pôde de mistério e escalou os machucados Elias (meia) e César (zagueiro), acreditando que teria vantagem com a presença de ambos. Mas, de nada serviu. O Palmeiras entrou em campo com sua força máxima e teve o domínio desde o começo da partida. Foi questão de tempo conseguir o título.

O primeiro gol palmeirense saiu aos 19 minutos, contra de Ricardo Conceição, em lance onde ficou a dúvida se Kleber fez a falta. A torcida já começava a comemorar e esperava mais, quando Alex Mineiro fez o segundo gol, aos 33 minutos, de cabeça, aproveitando cruzamento de Elder Granja.

Mesmo com a vantagem, os jogadores palmeirenses falaram em bronca do técnico no intervalo. E ela deu resultado no fato de aumentar a vantagem. Depois de 28 minutos de espera, com domínio no jogo, saiu o terceiro gol, com Valdívia, um golaço num chute de fora da área. A festa só aumentou com outros dois gols de Alex Mineiro, aos 30 e 32 minutos, que garantiu assim a artilharia do campeonato.

PROBLEMAS
Mesmo com a festa, também aconteceram incidentes. Torcedores palmeirenses e ponte-pretanos brigaram no estádio, e a polícia teve trabalho para impedir que os sinalizadores fossem acesos na arquibancada. Nada, porém, atrapalhará a história da conquista palmeirense, de novo campeão.

Filed under: cotidiano, , , , , , , , , ,

:: mandioca en el Twitter

Error: Twitter no responde. Por favor, espera unos minutos y actualiza esta página.

:: busca por temática

Blogbox

Average rating:

Create your own Blogbox!

::mejor calificado

___________________________

:: mandioca.lelê

:: Brasil y São Paulo en linea

A toda hora. Crónicas, personajes e historias de una ciudad que nunca para.

Ingrese su e-mail y reciba las notificaciones de nuevos posts via correo electrónico.

Únete a otros 146 seguidores

:: lo publicado mes a mes

:: los mas acesados

:: entradas