m a n d i o c a . l e l ê

Icono

Brasil en linea y San Pablo a toda hora: crónicas, personajes e historias de una ciudad que nunca para.

V Mostra Latino – Americana de Teatro de Grupo de 20 a 25/4

A V Mostra Latino -Americana de Teatro de Grupo, da Cooperativa Paulista de Teatro traz temas públicos e privados do teatro Latino-Americano ao Centro Cultural São Paulo. Serão reunidas onze companhias teatrais da América Latina, Estados Unidos da América e África. Todos os trabalhos dos grupos são inéditos em São Paulo, com exceção de Cidade Desmanche, do Teatro de Narradores.

O debate deste ano será em torno das temáticas públicas (históricas e sociais) e privadas (familiares) na cena latina, tema da Mostra de 2010.
Patrocinada pela Petrobras, com copatrocínio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, da Caixa Econômica Federal e da Funarte/Ministério da Cultura, a V Mostra será um espaço para a troca de experiências entre os grupos participantes, e dos grupos com o público, que terá acesso gratuito a todas as atividades.

Além das peças teatrais, acontecem ainda as demonstrações dos processos criativos das companhias, com exibição de técnicas, influências e práticas de exercícios cênicos. Haverá também um encontro sobre a formação de uma liga latino-americana de teatro.

Como apoio para a formação de público para o teatro e aprimoramento dos artistas convidados, a Mostra publica, durante o encontro, o jornal O Latino-americano, que, além de artigos, entrevistas e reportagens, conta com a colaboração de quatro críticos: dois de língua espanhola e dois brasileiros. Assim, cada espetáculo será analisado a partir de duas visões e em duas línguas.

Haverá a exibição de uma exposição de fotos, material gráfico, de imprensa e vídeos das edições anteriores, além de uma banca com diversas publicações teatrais do Brasil e da América Latina.

Visite o site da Cooperativa Paulista de Teatro

dia 20/4 – terça

show
12h Grupo As Alziras
Apresentação de trechos do Movimento Musical Urbano.
Jardim Eurico Prado Lopes (rampa de acesso ao metrô)

encontro
14h Encontro sobre o Iberscena (Instituto Iberoamericano para as Artes Cênicas)
com: Guillermo Heras (diretor do Iberscena), Marcelo Bones (diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte), Ney Piacentini (presidente da Cooperativa Paulista de Teatro), Carlos Zatizabal (Coorporação Colombiana de Teatro)
Encontro sobre a formação de uma liga latino-americana de teatro.
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

espetáculo
18h Pedro de Valdivia: La Gesta Inconclusa
Pedro de Valdivia: La Gesta Inconclusa
grupo: Cia. Tryo Teatro Banda (Santiago – Chile) – criação coletiva – direção: Juan Francisco Sánchez Brkic – atores e músicos: Pablo Alejandro Obreque Zambrano, César Óliver Espinoza Araya e Juan Francisco Sánchez Brkic
Tragicomédia. Com canções e diversos instrumentos executados ao vivo – instrumentos indígenas mapuches, guitarrão chileno, charango e outros mais conhecidos, como violino e acordeon -, três jograis dão vida a esta história que representa os primeiros anos da conquista do Chile. O fio condutor são as cartas que o conquistador Pedro de Valdivia enviou ao Rei da Espanha Carlos V. (70min, 13 anos) – Sala Jardel Filho (324 lugares)

dia 21/4 – quarta

10h
Demonstração de trabalho da Companhia Tryo Teatro Banda (Santiago – Chile) e 1º Encontro da Oficina de Dramaturgismo com Guillermo Heras
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

14h Reunião da OISTAT (Organização internacional de cenógrafos, técnicos e arquitetos de teatro)
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

espetáculo
18h Estranhas galinhas
Estranhas galinhas
foto: Ricardo Borges

grupo: Grupontapé de Teatro (Uberlândia – MG) – texto e direção: Fernando Limoeiro – elenco: Katia Bizinotto, Katia Lourenço, Teta Campos e Marcelo Ribas
A peça é inspirada no conto Um senhor muito velho com suas asas enormes, de Gabriel García Márquez, e resgata traços da religiosidade e da cultura popular mineira. Vivendo isoladas dos olhares do povo, três irmãs devotas e seguidoras de São Roque se vêem diante do imprevisível e buscam em outros olhos a cumplicidade de cada momento daquela semana de carnaval em Santo Antônio dos Conjurados. (60min, 16 anos)
Espaço Cênico Ademar Guerra (120 lugares)

espetáculo
19h Hotel Komarca
grupo: Cia. Henrique Artes (Luanda – Angola) – texto: Flavio Ferrão – direção: Flávio Manuel Ferrão, Suelma Mariana Ernesto Mário – elenco: José Maria Barreto Fernandes, Raúl João Manuel Lorenço, Ailton Manuel Silvéiro, Samuel de Jesus Garcia Viegas, Adilson Domingos Imbundo Vunge, Naed das Dores Júnior Branco, Benjamim Pakissi Patrício Ferrão e Hélio Sídney Epalanga Taveira
História de sete detidos que vivem emoções e paixões dentro de uma cela onde há o medo e a coragem pela sobrevivência. Um recheio de comédia e melodrama, em que encenação e enredo se unem para criar uma sólida análise sobre o cotidiano dos presos, suas angústias e aspirações. (90min, 18 anos) – Sala Jardel Filho (324 lugares)

dia 22/4 – quinta

10h Demontração de trabaho do Grupontapé de Teatro (Uberlândia – MG) e Companhia Henrique Artes (Luanda – Angola) e 2º Encontro da Oficina de Dramaturgismo com Guillermo Heras
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

debate
14h30 A temática pública e privada no teatro latino-americano
com: Amir Haddad (Grupo Tá na Rua/Rio de Janeiro) e Mario Delgado (Grupo Cuatrotablas/Lima Peru)
Espaço da Missão

espetáculo
18h Teruel y la contiuidad del sueno
Teruel y la contiuidad del sueno
grupo: Cia. El Bachín Teatro (Buenos Aires – Argentina) – direção e dramaturgia: Manuel Santos Iñurrieta – elenco: Julieta Grinspan, Marcos Peruyero, Carolina Guevara e Manuel Santos Iñurrieta
A obra enfoca o destacado papel que artistas e intelectuais do mundo todo assumiram na guerra contra o fascismo e nos questiona sobre a função da arte. A ação se passa em Teruel – Espanha, em fevereiro de 1938. A cidade foi recuperada pelos franquistas, mas há a resistência dos Republicanos. Um grupo de artistas está na frente da batalha, de brigadas internacionais que se negam a deixar a cidade, enquanto preparam um espetáculo que será levado à capital. (60min, 16 anos) – Sala Jardel Filho (324 lugares)

dia 23/4 – sexta

10h Demonstração de trabalho da Companhia El Bachín Teatro
(Buenos Aires – Argentina) e 3º Encontro da Oficina de Dramaturgismo com Guillermo Heras
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

14h30 Demonstração de trabalho da Companhia Teatro de Narradores (São Paulo)
Espetáculo Cidade Desmanche, vencedor do prêmio Cooperativa Paulista de Teatro 2009 na categoria de melhor espetáculo para espaço alternativo.
direção e dramaturgia: José Fernando Azevedo – elenco: Benito Karmonah, Conrado Caputto, João Paulo Azevedo, Lívia Camargo, Lucélia Sérgio, Teth Maiello e Welton Santos
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

espetáculo
21h Rosita contratodo
grupo: Rapsoda Teatro (Bogotá – Colômbia) – criação coletiva, resultado da colaboração entre a escritora Diana Raznovich (Argentina), a diretora Margarita Borja (Espanha) e o Grupo Rapsoda – direção: Patricia Ariza e Carlos Satizabal – elenco: Carlos Satizabal, Jhon Franklin Hernandez Vidal, Diana Elvira Casas Vergara, Aura Bastidas Salazar, Francezca Pinzón e Patricia Díaz Moreno
A jovem Rosita se desmembra em três perfis – aérea, terrestre e amortalhada – e transita pela região da Catatumbo para revelar as vivências de mulheres vítimas do tráfico sexual. (60min, 12 anos) – Espaço Cênico Ademar Guerra (120 lugares)

espetáculo
21h Los rios profundos
Los rios profundos

grupo: Cuatrotablas (Lima – Peru) – texto: José Maria Alguedas – direção: Mario Delgado Vásquez – elenco: Manuel Luna, Flor Castillo, José Miguel de Zela e Mario Delgado
Leitura coral e dançada baseada no livro homônimo de José Maria Arquedas. Inspirando-se em um coro grego, quatro atores representam um Coro Arguedeano, criando seu próprio coro andino. A partir de suas ações cantadas e dançadas, interpretam o protagonista – Ernesto, um menino de 13 anos, confuso por seus descobrimentos do mundo e pela relação complexa com seu pai – e dão vida aos Ernestos adultos. (70min, 16 anos) – Sala Jardel Filho (324 lugares)

dia 24/4 – sábado

10h Demonstração de trabalho Grupo Rapsoda Teatro (Bogotá – Colômbia) e Grupo Cuatrotablas (Lima – Peru)
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

ensaio aberto
das 14h às 18h A alegria do palhaço é ver o circo pegar fogo…
grupo: Tá na Rua (Rio de Janeiro) – direção: Amir Haddad – elenco: Ana Candida, Aldo Perrotta, Disnael dos Anjos, João Herculano, Paulinho Andrade, Alessandro Persan, Mery Alentejo e Miguel Campelo, Tathiane Mattos, Monica Saturnino e Contia Santana
As bases práticas da companhia serão exibidas na forma de exercícios sobre a pesquisa que desembocará no próximo espetáculo do Tá na Rua, baseado na última crise financeira mundial e com um título provisório irreverente. A companhia ocupará um novo formato de exibição teatral proposto pela Mostra, na qual o processo estético ganha espaço em uma proposição híbrida, que une procedimentos de ensaios e apontamentos de futuros resultados. Na ocasião, o Grupo lançará o livro Teatro sem arquitetura, dramaturgia sem literatura, ator sem papel. Em seguida ao ensaio aberto, haverá demonstração de trabalho do grupo.
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

espetáculo
17h Livres e iguais
Livres e iguais
grupo: Teatro Sim Porque Não? (Florianópolis – SC) –
direção e roteiro: Júlio Maurício, Nazareno Pereira e Valmor Níni Beltrame – elenco: Anah Paula Possap, Júlio Maurício, Leon de Paula e Nazareno PereiraValdir Silva
Um trabalho de teatro de formas animadas inspirado na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Cenas do duro cotidiano das grandes cidades – onde pessoas são obrigadas a sobreviver do lixo, a disputar um lugar para morar e onde há falta de trabalho – são entremeadas por imagens de lirismo e poesia. (55min, 6 anos) – Espaço Cênico Ademar Guerra (120 lugares)

espetáculo
21h Aire Frio
Aire Frio
foto: Asela Torres

grupo: Teatro Avante (Miami – EUA) – texto: Virgilio Piñera – adaptação: Raquel Carrió – direção: Mario Ernesto Sánchez – elenco: Marilyn Romero, Ana Viña, Gerardo Riverón, Jorge Luis Álvarez, Julio Rodríguez e Carlos Brito
Uma versão de um clássico da dramaturgia cubana dos anos de 1960. Revela momentos essenciais da vida da família Romaguera, pela memória da personagem Luz Marina: o passo do tempo, a visão da atualidade dessas figuras-ícones da cultura e do teatro cubano – eternizadas pelo autor em um gesto, um olhar, uma voz que nos chega de longe. (90min, 16 anos) – Sala Jardel Filho (324 lugares)

dia 25/4 – domingo

14h Demonstração de trabalho de Companhia Teatro Sim Porque Não?
(Florianópolis – SC) e Companhia Teatro Avante (Miami – EUA)
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

espetáculo
19h Raimuda Pinto, Sim Senhor!
Raimunda Pinto, Sim Senhor!
foto: Margareth Leite

grupo: Harém de Teatro (Teresina – Piauí) – texto: Francisco Pereira da Silva (Chico Pereira) – direção: Arimatan Martins – elenco: Francisco Pellé, Francisco de Castro, Jorge Carlo, Moisés Chaves, Maneco Nascimento, Airton Martins, Marcel Julian e Fernando Freitas
Montado pela primeira vez em 1992, o espetáculo traz como tema o êxodo rural e mostra a trajetória de uma jovem cearense, feia, pobre e subdesenvolvida, que consegue “vencer na vida” longe de sua terra natal. A história se passa num cenário da Segunda Guerra Mundial, em 1942, no subúrbio de Fortaleza, mas o eixo geográfico é instável e logo ela se encontra viajando pelo mundo. (60min, 16 anos) – Sala Jardel Filho (324 lugares)

20h30 Demonstração de trabalho do Grupo Harém de Teatro (Teresina-Piauí)
Sala Adoniran Barbosa (300 lugares)

Archivado en: cotidiano

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

:: busca por temática

:: lo mas visto

:: mandioca.lelê

:: Brasil y São Paulo en linea

A toda hora. Crónicas, personajes e historias de una ciudad que nunca para.

Ingrese su e-mail y reciba las notificaciones de nuevos posts via correo electrónico.

Únete a otros 142 seguidores

:: lo publicado mes a mes

:: los mas acesados

:: entradas

A %d blogueros les gusta esto: